top of page
  • lourencoproducoes

Sony Music processa produtoras do filme de Whitney Houston por falta de pagamento e por direitos autorais.



Sony Music processa produtoras do filme de Whitney Houston por falta de pagamento pelo uso das músicas da artista. Foto: Divulgação

Após um ano do lançamento da cinebiografia “Whitney Houston: I Wanna Dance With Somebody”, a gravadora afirma que ainda não foi paga pelo uso do catálogo musical dos fonogramas no filme.

A Sony Music Entertainment está processando os produtores do filme de Whitney Houston lançado em 2022, “Whitney Houston: I Wanna Dance With Somebody”, pela falta de pagamento em relação ao uso do catálogo musical dos fonogramas de Houston na obra cinematográfica.

De acordo com informações do Rolling Stone, na ação, movida na ontem (15), a Sony Music alegou que as produtoras da cinebiografia, Anthem Films, Nybo Productions e Black Label Media, firmaram um acordo de licenciamento com a gravadora em 5 de dezembro de 2022 e que os pagamentos pelo uso do catálogo foram esperados para julho de 2023. A Sony redigiu o custo específico da licença no processo.

Leia Mais:

Esses pagamentos nunca chegaram, disse a empresa, e a Sony enviou aos produtores vários avisos de “falha nos pagamentos” de agosto a outubro de 2023. De acordo com o processo, após receber a carta inicial, a empresa Anthem disse à Sony que eles poderiam pagar pela música assim que recebessem um crédito fiscal do estado de Massachusetts (onde a Anthem está sediada), embora com base no processo desta semana, isso evidentemente não aconteceu.

“Como resultado das falhas da Anthem, o uso das Gravações SME no filme pelos Réus não foi autorizado e os Réus não tiveram o direito legal de usar as Gravações SME” (…)“Apesar de terem sido notificados de sua conduta infratora, os Réus continuaram a distribuir e explorar as Gravações SME em conexão com o Filme sem autorização”, afirma a Sony Music.

Foto: Sony Pictures (divulgação)

Um representante da Sony se recusou a comentar além do processo. As tentativas de entrar em contato com as produtoras demandadas não tiveram sucesso, segundo o Rolling Stone. Nas causas de ação listadas no processo, as empresas Anthem e Nybo foram acusadas de violação direta de direitos autorais, enquanto a Black Label Media foi acusada de violação indireta de direitos autorais.

“A conduta dos Réus causou e continua a causar danos substanciais e irreparáveis aos Requerentes e ao espólio de Whitney Houston, ao mesmo tempo que enriqueceu os Réus às custas dos Requerentes e do espólio de Whitney Houston”, disse o processo movido pela Sony Music.


Cinebiografia “Whitney Houston: I Wanna Dance With Somebody”Foto: Divulgação

As críticas sobre o filme biográfico – estrelado por Naomi Ackie como Houston e Stanley Tucci como o produtor Clive Davis – foram misturadas, entre positivas e negativas, e o filme arrecadou cerca de US$ 60 milhões em todo o mundo.


13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page